Português Irado

TEMA 2: Noções de Fonética e Fonologia

LIÇÕES DE PORTUGUÊS

ROTEIRO DE ESTUDOS  2

I – TEMA: Noções de Fonética e Fonologia. Como são produzidos os sons usados na fala. O aparelho fonador e seu funcionamento.

II – PRÉ-REQUISITOS: Ler compreensivamente.

III – META: As atividades deste roteiro de estudos foram organizadas com o objetivo de esclarecer o modo como e onde são produzidos os sons usados na fala humana.

IV – PRÉ-AVALIAÇÃO: Se você já estudou alguma coisa a respeito do assunto de que trata este roteiro, você pode verificar o que realmente você sabe, respondendo à Auto-avaliação. Ela é o termômetro que vai medir a profundidade do seu conhecimento quanto ao assunto desta lição. Se você obtiver um mínimo de 80 pontos, parabéns! Você não precisa estudar esta lição. Caso contrário, aconselho-o que leia com bastante atenção as atividades de estudo, procurando entender as explicações dadas, referentes às questões que você não respondeu corretamente.

V – ATIVIDADES DE ESTUDOS: Ler com entendimento é pré-requisito para se aprender qualquer coisa através da leitura. Portanto, faça o seguinte:

1. Tenha um dicionário de Português à mão para consultá-lo sobre as palavras que você desconhece o significado;

2. Leia sem pressa. Procure um lugar sossegado para ler os textos e fazer os exercícios. Lembre-se: a pressa é inimiga da perfeição! Aquilo que você entender, jamais esquecerá!

3. Leia primeiros os textos; faça os exercícios logo em seguida; compare suas respostas com o gabarito; veja o que você errou e retorne ao texto para verificar o porquê do erro.

VI – PÓS-AVALIAÇÃO: Após ter feito a leitura compreensiva dos textos e feitos os exercícios, responda às questões da avaliação proposta na Auto-Avaliação. Creio que você agora acertará todas. Caso isso não aconteça consulte as orientações dadas nas Atividades Suplementares.

VII – ATIVIDADES SUPLEMENTAR:  Se você não conseguiu alcançar 80 pontos na Pós-Avaliação, não desanime. Volte à leitura dos textos. Sem pressa. Leia também o Texto da Leitura Suplementar. Tenha ao seu lado um dicionário para consultar algumas palavras que você não conhece.

ANEXO   A     –    NOÇÕES DE FONÉTICA E FONOLOGIA

Quando transmitimos o que estamos pensando ou sentindo, podemos fazê-lo de diversas maneiras.

Utilizando a palavra, estamos usando a língua, no nosso caso a Língua Portuguesa.

Como a maioria das línguas, a língua portuguesa pode ser usada sob duas formas: a falada e a escrita.

Usando a língua falada, empregamos os sons da nossa voz, os quais igualmente agrupados ou isolados, formam palavras que servem, assim, para a transmissão oral de nossas mensagens.

Usando a língua escrita, empregamos sinais gráficos, que também formam palavras e servem para transmissão escrita de nossas mensagens.

Na transmissão oral, usamos FONEMAS. Na transmissão escrita, usamos LETRAS.

Portanto:

FONEMAS são os sons da voz humana utilizados para formar palavras na comunicação oral.
LETRAS são sinais gráficos  (escritos) que representam os fonemas  (sons).  São utilizados para formar palavras na comunicação escrita.

Nem todo som emitido pela voz humana é utilizado para compor palavras.

Os sons, para serem entendidos como palavras, precisam ser emitidos numa seqüência determinada. Caso contrário, o ouvinte poderá não entender o que ouve.

Várias ciências estudam os sons da fala em seus variados aspectos. Entre as principais, temos:

Fonética – que estuda como os sons da fala são produzidos.

Fonologia – que estabelece os princípios e caracteriza as seqüências dos sons permitidas e excluídas na língua.

VOCABULÁRIO

Gráfico – relativo à grafia, escrita.

Aspectos – características

EXERCÍCIOS

A) Responda de acordo com o texto:

1. O que é fonema?_____________________________________________

2. O que é letra? _______________________________________________

B) Marque F  ou  V, conforme seja falsa ou verdadeira a afirmativa:

1. (   ) Basicamente, as línguas usam duas formas de transmissão: a falada e a escrita.

2. (   ) Qualquer som pode ser usado na comunicação oral de uma Língua.

3. (   ) Os sinais gráficos são usados para representar, na comunicação escrita, os sons utilizados na fala.

4. (   ) Letra e fonema são a mesma coisa.

5. (   ) Fonemas são sinais gráficos utilizados na transmissão oral de uma mensagem.

6. (   ) Letra são os sons da voz humana utilizados na transmissão escrita de uma mensagem.

7. (   ) Fonética é a ciência que estuda como os sons da fala humana são produzidos.

8. (   ) Fonologia é a ciência que determina as regras e as seqüências dos sons que podem ser usados para formar palavras.

GABARITO:

Questão A: 1. São os sons da voz humana usados para formar palavras na comunicação  oral.

2. São sinais gráficos que representam os fonemas, na comunicação escrita.

Questão B: 1.(V)   2.(F)   3.(V)   4.(F)    5.(F)    6.(F)   7.(V)   8.(V)

ANEXO B   –    COMO SÃO PRODUZIDOS OS SONS USADOS NA FALA.

Os sons da nossa fala resultam quase todos da ação de certos órgãos do corpo humano sobre a corrente de ar que vem dos pulmões.

Para que o som seja produzido é necessário que:

1º. Haja uma corrente de ar (respiração);

2º. Exista um obstáculo encontrado por esta corrente de ar (cordas vocais, língua, dentes);

3º. Exista uma caixa de ressonância (cavidade bucal e fossas nasais).

Estas condições são criadas pelos órgãos da fala, cujo conjunto é chamado de APARELHO FONADOR.

VOCABULÁRIO

Obstáculo – embaraço, empecilho

Ressonância – vibração

EXERCÍCIOS

A) Enumere as três condições necessárias para que os sons da voz humana sejam produzidos:

1._____________________________________________________________

2._____________________________________________________________

3._____________________________________________________________

B) O que é aparelho fonador?

____________________________________________________________________________________________________________________________

GABARITO:

Questão A)

  1. Existência de corrente de ar;
  2. presença de obstáculos à passagem dessa corrente de ar;
  3. existência de caixas de ressonâncias.

Questão B) É o conjunto de órgãos do corpo humano que produzem os sons da fala.

ANEXO C    –    APARELHO FONADOR

O aparelho fonador é formado pelos seguintes órgãos:

a) os pulmões, os brônquios e a traquéia – órgãos do aparelho respiratório que fornecem a corrente de ar, matéria-prima da voz;

b) a laringe, onde se localizam as cordas vocais, que produzem a energia sonora utilizada na fala, e a glote;

c) as cavidades supralaríngeas (faringe, língua, dentes, cavidade bucal e fossas nasais), que funcionam como caixas de ressonância.

Antes de passarmos à descrição do funcionamento do aparelho fonador é necessário esclarecer que os órgãos que o compõe não têm como função única a produção dos sons da fala.

Na verdade, não existe nenhuma parte do corpo humano cuja única função esteja apenas relacionada à produção da fala.

Os órgãos que utilizamos para isso têm como função primeira, outras atividades diferentes como mastigar, engolir, respirar, cheirar, chupar, ouvir.

Depreende-se que a fala humana não é algo que o ser humano já possua quando nasce, mas é uma habilidade adquirida através do ouvir e do praticar. O que o ser humano tem é a capacidade de aprender a falar. Mas o código dessa fala ele precisa aprender com outras pessoas.

A prova maior disso são as pessoas consideradas mudas. Na realidade são mudas porque são surdas. Não conseguem emitir os sons da fala porque não os ouvem para praticá-los e assim, aprenderem a se comunicar através do som das palavras.

VOCABULÁRIO

Depreende-se – conclui-se

Supralarígeas – acima da laringe

EXERCÍCIOS

a) Na figura abaixo identifique pela numeração existente na figura, os órgãos indicados do aparelho fonador que participam da produção dos sons da fala:

  1. (      ) traquéia
  2. (      ) cordas vocais
  3. (      ) língua
  4. (      ) fossas nasais
  5. (      ) arcada dentária

B) Marque a única alternativa correta:

1. Os órgãos que compõem o aparelho fonador:

a. (  ) são os pulmões, o  coração e a língua

b. (  ) têm como única função produzir a voz humana

c. (  ) também exercem outras atividades como mastigar, engolir, chupar, cheirar, respirar.

2. O ser humano nasce:

a. (   ) sabendo falar uma língua

b. (   ) com a capacidade de aprender a falar várias línguas.

c. (   ) sabendo chupar, engolir, respirar, cheirar e falar.

C) Responda à pergunta justificando sua resposta:

Os mudos não falam porque são mudos ou porque são surdos? _________________________________________

GABARITO:

Questão A: a. ( 11 )   b. ( 18 )       c. ( 6 )      d. ( 1 )       e. ( 16/17 )

Questão B: 1. (C)     2. (B)

Questão C: Os mudos não falam porque são surdos, isto é, não conseguem emitir os sons da fala porque não aprenderam esses sons por causa de algum impedimento no seu aparelho auditivo (ouvido).

ANEXO D   –    FUNCIONAMENTO DO APARELHO FONADOR

18. cordas vocais/glote

Observe a figura e tente acompanhar o trajeto da corrente de ar como vai sendo descrito:

O ar expelido dos pulmões, através dos brônquios, penetra na traquéia(¹¹) e chega à laringe(14), onde ao atravessar a glote(18), costuma encontrar o primeiro obstáculo à sua passagem.

A glote(18), que fica na altura do chamado pomo-de-adão ou gogó, é a abertura entre duas pregas musculares das paredes superiores da laringe. Essas pregas são conhecidas como cordas vocais(18).

O fluxo de ar pode encontrá-las fechadas ou abertas, caso as bordas dessas pregas estejam mais fechadas ou mais abertas. No primeiro caso o ar força a passagem através das bordas das cordas vocais retesadas, fazendo-as vibrar e produzir o som musical característico das articulações sonoras. No segundo caso, as bordas das cordas vocais estando relaxadas (abertas), o ar passa livremente sem produzir nenhuma vibração. O som assim produzido é chamado de surdo.

A distinção entre o som sonoro e surdo pode ser percebida na pronúncia de duas consoantes que mais os identificam. Tente pronunciá-las:

/b/ = sonoro      babo                             /p/ = surdo        papo

Ao sair da laringe, a corrente expiratória entra na cavidade faríngea(7), uma encruzilhada, que oferece duas vias de acesso ao exterior do corpo: o canal bucal(5), e o nasal(1). Suspenso entre esses dois canais fica o véu palatino(3), órgão dotado de mobilidade capaz de impedir ou não o ingresso do ar na cavidade nasal e, consequentemente, de determinar a natureza oral ou nasal do som. Compare a pronúncia das palavras abaixo:

/ãbitu/   âmbito   –  lã                          /ábitu/   hábito    –  lá

Apenas o som nasal da vogal é que modifica o sentido das palavras.

Este fenômeno da língua é estudado pela LINGUÍSTICA que “é a ciência que investiga os fenômenos relacionados à linguagem e busca determinar os princípios e as características que regulam as estruturas das línguas.”

É, porém, na cavidade bucal que se produzem os mais variados sons, graças à mobilidade dos maxilares, das bochechas e especialmente da língua e dos lábios.

EXERCÍCIOS

A) Complete as lacunas:

1. Quando a corrente de ar que vem dos _____________ chega à laringe e encontra as ____________ mais fechadas, produz uma vibração _____________.

2. Se a corrente de __________  encontrar as cordas vocais relaxadas, ela passará livremente por esta abertura produzindo uma vibração__________

3. Quando a corrente de ar chega à faringe, ela pode sair pela ____________  ou pelo ___________

4. Quando a corrente de ar sai pela boca, o som que é produzido é chamado de __________

5. Quando a corrente de ar sai pelo nariz, o som produzido é chamado de ____________

6. O órgão que impede ou permite a saída da corrente de ar pelo nariz é chamado de ________

GABARITO:

1. pulmões, cordas vocais, sonora         2. ar, surda       3. boca, nariz       4. oral        5. nasal           6. véu palatino


AUTO-AVALIAÇÃO

a) O que é fonema?________________________________________________________________

b) O que é letra?___________________________________________________________________

2. Marque F ou V, conforme seja falsa ou verdadeira a afirmativa:

a. (   ) Basicamente, as línguas usam duas formas de transmissão: a falada e a escrita.

b. (   ) Qualquer som pode ser usado na comunicação oral de uma língua.

c. (   ) Os sinais gráficos são usados para representar, na comunicação escrita, os sons utilizados na fala.

d. (   ) Letra e fonema são a mesma coisa.

e. (   ) Fonemas são sinais gráficos utilizados na transmissão de uma mensagem.

f. (   ) Letras são os sons da voz humana utilizados na transmissão escrita de uma mensagem.

g. (   ) Fonética é a ciência que estuda como os sons da fala humana são produzidos.

h. (   ) Fonologia é a ciência que determina as regras e as seqüências dos sons que podem ser usados para formar               palavras.

3. Liste as três condições necessárias para que os sons da voz humana sejam produzidos:

a._________________________________________________________

b._________________________________________________________

c._________________________________________________________

4. O que é aparelho fonador?_______________________________________________________________

5.Na figura do Anexo D, identifique através da numeração existente na figura, os órgãos indicados do aparelho fonador que participam da produção dos sons da fala:

a.(   ) traquéia

b.(   ) cordas vocais

c.(   ) língua

d.(   ) fossas nasais

e.(   ) véu palatino

6. Marque a única alternativa correta:

A. Os órgãos que compõem o aparelho fonador:

1. (   ) são os pulmões, o coração e a língua.

2. (   ) têm como única função produzir a voz humana.

3. (   ) também exercem outras atividades como mastigar, engolir, chupar, cheirar, respirar.

B. O ser humano nasce:

1.(   ) sabendo falar uma língua

2.(   ) com a capacidade de aprender a falar várias línguas.

3. (   ) sabendo chupar, engolir, respirar, cheirar e falar.

7. Complete as frases utilizando algumas das palavras do quadro abaixo:

esôfago –  nasal – véu palatino – coração – boca – surda – nariz – ar – cordas vocais – pulmões – epiglote – faringe – oral – sonora

a. Quando a corrente de ar que vem dos _____________ chega à laringe  e encontra as _________________ mais fechadas, produz uma vibração ________

b. Se a corrente de ar encontrar as cordas vocais relaxadas, ela passará livremente por esta abertura produzindo uma vibração ____________

c. Quando a corrente de ar chega à faringe, ela pode sair  pela ________ ou pelo ________

d. Quando a corrente de ar sai pela boca, o som que é produzido é chamado de __________

e. Quando a corrente de ar sai pelo nariz, o som que é produzido é chamado de ___________

f. O órgão que impede ou permite a saída da corrente de ar pelo nariz é chamado de _____________

GABARITO: Faça sua auto-correção, atribuindo 3,3 pontos para cada acerto. Se você obteve 80 pontos, está apto para seguir em frente.

QUESTÃO 1:    a. São os sons da voz humana usados para formar palavras na comunicação oral.

b. São sinais gráficos que representam os fonemas, na comunicação escrita.

QUESTÃO  2: a. (V)     b.(F)     c.(V)      d.(F)    e.(F)     f.(F)      g.(V)       h.(V)

QUESTÃO 3:     a. Existência de corrente de ar

b. presença de obstáculos á passagem dessa corrente de ar

c. existência de caixas de ressonância

QUESTÃO 4: É o conjunto de órgãos do corpo humano que produzem os sons da fala.

QUESTÃO 5: a. (11)     b.(18)    c.(6)      d.(1)       e.(3)

QUESTÃO 6: a. 3      b. 2

QUESTÃO 7.

a. pulmões, cordas vocais, sonora

b. surda

c. boca, nariz

d. oral

e. nasal

f. véu palatino

LEITURA SUPLEMENTAR.

O APARELHO FONADOR

Os órgãos que utilizamos na produção da fala não têm como função primária a articulação dos sons. Na verdade, não existe nenhuma parte do corpo humano cuja única função esteja apenas relacionada com a fala. As partes do corpo humano que utilizamos na produção da fala têm como função primária outras atividades diferentes como, por exemplo, mastigar, engolir, respirar ou cheirar. Entretanto, para produzirmos qualquer som de qualquer língua fazemos uso de uma parte específica do corpo humano que denominaremos de APARELHO FONADOR.

Com o objetivo de compreendermos o mecanismo de produção da fala e da articulação dos sons é que passamos, então, à descrição do aparelho fonador. Podemos dividir em três grupos, os órgãos do corpo humano que desempenham um papel na produção da fala: o sistema respiratório, o sistema fonatório e o sistema articulatório.

Consideremos cada um dos sistemas.

O sistema respiratório consiste dos pulmões, dos músculos pulmonares, dos tubos brônquios e da traquéia. Encontra-se na parte inferior da glote, que é denominada cavidade infraglotal. A função primária do sistema respiratório é, obviamente, a produção da respiração.

O sistema fonatório é constituído pela laringe. Na laringe localizam-se músculos estriados que podem obstruir a passagem da corrente de ar e são denominados cordas vocais. O espaço decorrente da não obstrução desses músculos laríngeos é chamado de glote. A função primária da laringe é atuar como uma válvula que obstrui a entrada de comida nos pulmões por meio do abaixamento da epiglote. A apiglote é a parte com mobilidade que se localiza entre a parte final da língua (ao fundo da garganta) e acima da laringe. O ato de engasgar envolve o fato de que a epiglote não obstruiu a entrada do alimento no sistema respiratório. O ar dos pulmões sai então, visando a impedir a entrada do corpo estranho (o alimento) no sistema respiratório.

O sistema articulatório consiste da faringe, da língua, do nariz, dos dentes e dos lábios. Ou seja, das estruturas que se encontram na parte superior à glote. São várias as funções primárias desempenhadas pelos órgãos do sistema articulatório. Estas funções relacionam-se principalmente com o ato de comer e podemos salientar: morder, mastigar, sentir o paladar, cheirar, sugar, engolir.

Os três sistemas descritos acima caracterizam o aparelho fonador e são fisiologicamente responsáveis pela produção dos sons da fala. Levando-se em consideração as características fisiológicas do aparelho fonador, podemos afirmar que há um número limitado de sons possíveis de ocorrer nas línguas naturais. Isto se deve ao fato de ser fisiologicamente impossível articular um som em que a língua toque a ponta do nariz. Por outro lado, sons cuja articulação envolve a língua tocar os dentes incisivos superiores são atestados em inúmeras línguas. Em outras palavras, enquanto certas articulações são fisiologicamente impossíveis, outras são recorrentes.

Considerando-se, portanto, as limitações fisiológicas impostas ao aparelho fonador podemos dizer que o conjunto de sons possíveis de ocorrer nas línguas naturais é limitado. Na verdade, um conjunto de aproximadamente 120 símbolos é suficiente para categorizar as consoantes e vogais que ocorrem nas língua naturais.

Considerando que seres humanos sem patologia apresentam um aparelho fonador semelhante, podemos deduzir que toda e qualquer pessoa sem deficiências fisiológicas é capaz de pronunciar todo e qualquer som em qualquer língua. Tal afirmação é verdadeira. Porém, parece que na adolescência a capacidade das pessoas de articularem sons novos (de línguas estrangeiras) passa a ser reduzida. Precisar exatamente esta idade e as razões que levam a essa perda da capacidade de produção de sons novos, certamente nos levaria muito além do objetivo deste livro. O que podemos explicar aqui é o fato de que a maioria das crianças que venham a estar expostas a uma segunda língua falará esta língua sem qualquer sotaque.

Adultos que sejam expostos a uma segunda língua, quase que em sua totalidade apresentam sotaque com características de sua língua materna.

(Thaís Cristófaro Silva, Fonética e Fonologia do Português, pág. 24 e 25)

VOCABULÁRIO

Articulação – união, junção, pronúncia clara dos sons

Estriados – que possui sulcos, ondulações

Obstruir – fechar, tapar, impedir a passagem

Obstrução – impedimento

Fisiológicas – funções orgânicas próprias do corpo humano

Recorrentes – que se repetem

Patologia – modificação no corpo humano produzida por doenças

Deficiência – falta, carência, insuficiência

_____________________________________________________________________________________

BIBLIOGRAFIA

CUNHA, Celso Ferreira da – Gramática da Língua Portuguesa

SILVA, Thaís Cristófaro – Fonética e Fonologia do Português, Editora Contexto.

 
Comentários

Parabéns pelo texto, vocês conseguiram expor o que eu exatamente precisava saber!!!
Obrigada e continue sempre produzindo texto excelentes!
Tenha uma excelente tarde!

o texto é claro e, de fácil compreensão
Ajudou-me muito

Estou cursando o 1º período de Letras (português/espanhol). O texto é claro e de fácil compreesão e com certeza vai ajudar-me muito. Obrigado!

geri antónio josé

Qual é papel das fossas nasais na produção dos sons de fala?

Antonio, o papel das fossas nasais assim como o da cavidade bucal na produção dos sons da fala é apenas de uma caixa de ressonância, isto é,
o ar que vem dos pulmões produz um som ao chegar nessas cavidades do corpo humano. Podemos comparar isso a um deslocamento de ar que,
ao passar por determinado lugar produz sons que chamamos de eco. Naturalmente que entram também nessa produção de sons, a posição da língua,
a abertura da boca e as cordas vocais.
Esperamos ter clareado sua dúvida.

Acho que não fui a única que foi esclarecida.
Parabéns!

Gostaria de parabenizar pelo site e saber se você possui informações sobre o tema conjunção, interjeição e concordância verbal e nominal.

Grato,

Fernando Moraes

Fernando, os temas que você solicita serão objetos de postagens daqui a algum tempo. Prometemos que não demorará muito.

Nossa, adorei os exercícios.
Obrigada.
Ronilda.

UALYSSON CORREIA

Gostei, obrigado!

(Jacareí/SP) Adorei! O texto é claro e objetivo e os exercícios são ótimos para fixar o conteúdo.

Leave a Reply